castroverde

Monday, May 02, 2005

Parabéns e agora pernas para os nacionais?

A festa já chegou à vila. O Castrense sagra-se campeão distrital muitos anos depois do último título. E agora vem o grande desafio.
Sem presidente - que já anunciou que não se recandidata - quem será o novo líder do clube? E irá essa indefinição afectar a preparação da nova temporada? E com uma condição financeira pouco desafogada como "confeccionar" uma equipa para os nacionais sem gastar muito dinheiro. Além disso como se sabe a mão de obra, ou seja, os jogadores de qualidade não abundam no distrito de Beja. Ir captar jogadores fora da região custa muito dinheiro, algo que o clube não tem. Como sair deste dilema?
Depois o treinador que fica nos registos como o campeão é Jorge Shéu, não obstante a grande responsabilidade tenha sido de Carlos Simão. Mas não é crível que seja Shéu a orientar a equipa na próxima temporada, e embora seja um ex-jogador com vasta experiência é inegável que não possui um conhecimento alargado para os campeonatos nacionais. E quer se queira quer não os distritais são bem mais fáceis que a III Divisão.
Será que se prepara o regresso de Tói Marques, que tantos anos manteve o Castrense na III Divisão Série F. E é preciso não esquecer que se prepara para entrar em vigor uma revolução nos campeonatos nacionais, o que vai obrigar à descida de mais do que os habituais quatro clubes.
Resta esperar para ver...